Home > Economia > Rede x Moderninha: Conheça as vantagens e diferenças e saiba qual é a melhor pro seu negócio

Rede x Moderninha: Conheça as vantagens e diferenças e saiba qual é a melhor pro seu negócio

Antigamente, pequenos empreendedores que desejavam ter uma máquina de cartão tinham poucas opções para contratar a Rede, solução do grupo Itaú. Esta tornou-se popular pelos seus dispositivos confiáveis, no entanto, também por suas taxas oscilantes.

Em função disso que as maquininhas não precisam de celular para funcionar, como a Moderninha Pro do PagSeguro, transformar-se em um recurso interessante. Mas, será que é mesmo uma boa proposta trocar uma máquina de banco por uma administrada por um estabelecimento de pagamento online? É isso o que vamos conferir a seguir.

Rede pode ter taxa de aluguel

As máquinas de cartão da Rede não podem ser compradas. Elas são oferecidas como parte do contrato de aluguel. Quem vende acima de R$5 mil por mês e adota ao Plano Aluguel Zero não paga taxa de aluguel, independente do modelo de máquina de cartão decidido. Mas, se não alcançar essa receita mínima, pagará R$69,00 mensalmente.

Já a Moderninha Pro pode ser sua por R$718,80 R$238,80 ou até 12 vezes de R$19,90 (promoção: ganhe R$240 de volta em taxas). Não tem cobrança de nenhuma taxa determinada em nenhum momento, além da taxa sobre vendas efetuadas. Isto é, nos meses em que você não vender nada, não precisará pagar nada.

Moderninha Pro vem com Conta Digital

Em comparação a termos técnicos, a Moderninha Pro é bem semelhante com a máquina móvel da Rede. Às duas podem ser carregadas para qualquer lugar, pois saem de fábrica com chip e plano de dados particular e bateria de 6 horas de duração. E elas imprimem recibo.

Porém, a Pro conta com um benefício extra. Fora a conexão via 3G, ela libera também a transmissão de dados via Wi-Fi. Isto é, você conta com uma alternativa a mais, o que pode ser uma ótima notícia para quem atende em lugares em que a conexão não é muito segura.

Além do mais, também é permitido baixar de graça o app da Conta Digital do PagBank para pagar contas, realizar transferências, recarga de celular, e pedir empréstimos (este último após 6 meses de uso e análise de crédito).
Já as máquinas de cartão com e sem fio da Rede são aquelas que você já conhece. O modelo móvel trasporta dados também via Wi-Fi, e as fixas podem usar linha telefônica ou banda larga.

Taxas Rede são mais baratas para saldo rápido

Fora uma provável taxa de aluguel, com o Plano Aluguel Zero da Rede, você ainda precisará pagar taxas sobre as vendas efetuadas — sendo que estas são somente as que você vai pagar com a Pro. Contudo, essas são fixas para às duas as empresas.

Para correntistas Itaú, as taxas da Rede são 1,99% no débito (saldo em 1 dia); 3,49% no crédito à vista; ou 3,49% mais 1,99% por parcela extra no crédito parcelado (saldo total em 2 dias) — a taxa de antecipação já está adicionada.
Caso você não seja correntista Itaú, terá a alternativa de esperar mais para obter o saldo das vendas no crédito, ou pagar uma taxa de antecipação de 1,99% para obter o dinheiro em 2 dias.

Já ao ler mais sobre a solução Pro, você fica sabendo que ela tem taxas únicas para qualquer banco, até mesmo para quem não tem conta bancária: 2,39% no débito — esta passa a ser 1,99% ao longo de um ano para vendas com cartões de chip, adquirindo a máquina no decorrer da promoção; 4,99% (apenas cartão de chip) no crédito à vista; 5,59% mais 2,99% ao mês para crédito parcelado.

Na ocasião acima, o PagSeguro permite seu saldo na hora, ou seja, um pouco mais rápido que a Rede. Mas esses valores são maiores que o da rival valem apenas para cartões de chip.
Outra alternativa é esperar pelo saldo e pagar 3,19% (cartões de tarja) ou 3,59% (cartões de chip) no crédito à vista para saldo em 30 dias; e 3,79% (chip) ou 4,19% (tarja) mais 2,99% ao mês provável ainda pagar uma taxa média e obter o saldo em 14 dias.

Essas taxas são para saldo em 30 dias, mas é viável pagar menos ou mais para ter acesso ao dinheiro de imediato, em 1 ou 14 dias sem ter que passar por análise de crédito. E isso serve para qualquer área e volume de vendas, e, normalmente, sai mais econômico que com a Rede. Além de que, você só paga se vender, ao contrário da Rede que o custo é fixo mensal. A Pro também disponibiliza o Plano Corporativo, com taxas mais econômicas para quem fatura mais de R$50 mil por mês.

Moderninha Pro cria frente de caixa gratuita

A Moderninha Pro vem com acesso gratuito ao app da empresa, o PagVendas. Este possibilita a criação de uma frente de caixa para o seu negócio sem nenhuma tarifa adicional com assistência de um tablet Android.
Além das funções tradicionais, como cadastro de produtos, códigos e galeria de fotos, o PagVendas também oferece a adição de uma porcentagem nas vendas para administração das gorjetas.

Outra alternativa é utilizar o recurso PlugPag, também gratuito, e realizar a associação com um sistema de automação comercial parceiro Windows, iOS, Android ou Linux. É viável imprimir recibo na própria máquina (além do envio via SMS), e o envio de novas bobinas é também automático e gratuito (não é necessário ligar para a Central).

Já a máquina móvel da Rede pode ser utilizada como ponto de venda, mas para isso você terá que obter um dos softwares compatíveis com ela com uma empresa terceirizada — Isto é, terá que pagar por isso e não conseguirá optar por qualquer fornecedor disponível, somente os pré-aprovados. Este modelo também imprime recibo e envia via mensagem de texto, sendo necessário fazer a solicitação de novas bobinas.

Rede tem mais cartões

Uma vantagem positiva da Rede sobre a Pro são as bandeiras de cartão aceitas por ela.
Devido a sua tradição na área, as máquinas da empresa do banco Itaú aceitam um grande número de bandeiras no crédito e débito: Visa, Mastercard, Elo, Hiper, HiperCard, Diners Club, American Express, JCB, Discover, UnionPay, Mais!, Cabal, Sorocred, Cabal, Banescard, Mastercard débito, Visa Electron e Cabal débito.

Ela recebe ainda os vouchers e cartões-refeição da VR, Ticket, Sodexo, GreenCard, Verocheque, Credz, UpPlan, Nutricash, Cooper, Alelo, Cabal Vale, Sorocred, Sorovale, Verocard e MaxiFrota.

Já a Pro recebe Visa, Mastercard, Elo, Hipercard, Hiper, Cabal (estes seis via chip e senha), American Express e Diners Club (estes dois via tarja magnética), e os cartões de débito Visa Electron, Maestro, Banricompras, Cabal e Elo. Ela também recebe os vouchers da Ticket (restaurante, alimentação e cultura), VR Benefícios, Alelo e Sodexo.

Deste modo, percebe-se que a Moderninha disponibiliza um número menor de cartões, mas eles podem ser considerável para atender o seu perfil de clientes. Assim, é necessário que você faça essa análise antes de fechar negócio.

O Veredicto

Deste modo, de fato a máquina de cartão da Rede pode ser uma alternativa interessante para quem adotar ao plano Aluguel Zero e quer ganhar o saldo mais rápido. Ela também tem mais cartões, assistência e troca da máquina, incluídos.

Mas, se você não consegue adotar ao Aluguel Zero ou não tem conta bancária, a Moderninha é um recurso mais econômico. Ela não cobra taxa de aluguel, vem com cartão e com aplicativos para frente de caixa gratuita e Conta Digital PagBank.

Fonte: br.mobiletransaction

You may also like
Saiba como garantir o seu Cartão de Crédito Magazine Luiza
Cartão de Crédito Superdigital: vantagens, taxas e como solicitar
PicPay está com mais de 60 vagas de emprego abertas para o Brasil
Conheça os melhores Cartões de Crédito para negativados sem consulta ao SPC/Serasa